quinta-feira, abril 30, 2009

Até quando?

O Conselho de Ministros aprovou hoje uma proposta de lei para reduzir o valor das coimas aplicadas a quem viola a legislação ambiental, invocando a necessidade de «não comprometer a subsistência de pessoas singulares» e pequenas empresas.

Não deveria ser precisamente o contrário?? Aumentar o valor das coimas aplicadas a quem viola a legislação ambiental, invocando a necessidade de não comprometer a subsistência..de todos nós??

Como disse Pena Branca da tribo Hopi "o passado se torna longo, e o futuro se torna curto". Graças a todos estes filhos da puta.




terça-feira, abril 21, 2009

9298 mortes..

Ponte de Sôr: Governo autoriza abate de centenas de árvores.

O Governo autorizou o abate de centenas de árvores num povoamento florestal, localizado na zona de expansão do Aeródromo Municipal de Ponte de Sôr, considerando a medida de «imprescindível utilidade pública».

O despacho, já publicado em Diário da República, foi assinado pelos ministérios da Administração Interna, do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional e da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas.

A Declaração de Imprescindível Utilidade Pública (DIUP) assinada pelos três ministérios, autoriza a Câmara Municipal de Ponte de Sor a abater 190 sobreiros adultos, 6386 sobreiros jovens, 240 azinheiras adultas e 2482 azinheiras jovens que radicam numa área de 33 hectares.

Quando os responsáveis pela "Administração interna", "Ambiente", "Ordenamento do território e desenvolvimento da Agricultura" e do "Desenvolvimento Rural" condenam à morte 9298 árvores, pergunto-me se não serão Nazis ou ET's disfarçados.

sexta-feira, abril 17, 2009

quarta-feira, abril 15, 2009

www.bancoalimentar-animal.blogspot.com

"Exmos. Senhores,
Na sequência da notícia http://www.destak.pt/artigos.php?art=26416 não posso ficar indiferente. Eu sou uma das pessoas que regularmente FAZIA donativos para o Banco Alimentar Contra a Fome.
Devo dizer-vos que fiquei extremamente chocada com a vossa atitude relativamente ao Banco Alimentar Animal. Mais chocada fiquei ao constatar que quem vos representa são advogados dos melhores escritórios do país.

Parece-me uma atitude mesquinha e absolutamente reprovável de todos os pontos de vista.
Com que moral apregoam a solidariedade? Para vocês existem seres vivos de primeira e seres vivos de segunda. Os de primeira têm direito a um BANCO ALIMENTAR, os de segunda têm direito a qualquer coisa, desde que não seja BANCO ALIMENTAR. Desde quando vocês têm a propriedade de BANCO ALIMENTAR? Só lamento que o BANCO ALIMENTAR ANIMAL tenha desistido tão facilmente, embora compreenda que o tenham feito. Para o BAA, ajudar é a palavra de ordem e por isso não perdem recusos nem energia com questões tão mesquinhas como esta que vocês não hesitaram em levantar. Ao contrário do Banco Alimentar Contra a Fome, não têm dinheiro para desperdiçar em advogados e lutas de comadres para decidir de quem é o quintalzinho.

Provavelmente o BANCO ALIMENTAR CONTRA A FOME tem demasiados recursos económicos e pode investi-los em questões tão fúteis quanto esta.
Ficam a saber que vou reencaminhar este email para todos os meus contactos e que vou pedir para que seja o mais divulgado possível. Com os meus donativos deixam de contar. "

Maria João Abreu

quarta-feira, abril 08, 2009

Aquecimento global..

video