terça-feira, abril 21, 2009

9298 mortes..

Ponte de Sôr: Governo autoriza abate de centenas de árvores.

O Governo autorizou o abate de centenas de árvores num povoamento florestal, localizado na zona de expansão do Aeródromo Municipal de Ponte de Sôr, considerando a medida de «imprescindível utilidade pública».

O despacho, já publicado em Diário da República, foi assinado pelos ministérios da Administração Interna, do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional e da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas.

A Declaração de Imprescindível Utilidade Pública (DIUP) assinada pelos três ministérios, autoriza a Câmara Municipal de Ponte de Sor a abater 190 sobreiros adultos, 6386 sobreiros jovens, 240 azinheiras adultas e 2482 azinheiras jovens que radicam numa área de 33 hectares.

Quando os responsáveis pela "Administração interna", "Ambiente", "Ordenamento do território e desenvolvimento da Agricultura" e do "Desenvolvimento Rural" condenam à morte 9298 árvores, pergunto-me se não serão Nazis ou ET's disfarçados.

1 Comentários:

Blogger Pirate disse...

Estes crimes ambientais são transversais na sociedade portuguesa, independentemente de quem esteja no poder, para nossa tristeza...é uma maldita cruz que os tugas têm que carregar enquanto a justiça não der cabo das promiscuidades escandalosas que existem entre política e negócios, política e futebóis, política e poder local...
Uma barbaridade do nossso subdesenvolvimento

12:47 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial