segunda-feira, março 26, 2007

Portugueses de merda

Procuro ver cada vez menos televisão. Acho que me torna mais saudável.
Mas apesar de a minha preferência ir quase sempre para o canal Odisseia, National Geographic e RTP2 não pude deixar de assistir ao programa/concurso "Grandes Portugueses".
Com tristeza mas pouco espanto verifico que a figura que mais votos recebeu foi Oliveira Salazar.
O tal ditador que governou o país durante quase meio século e deixou marcas de hipocrisia, inveja, ganância e estupidez neste povo. Um povo que continua a acreditar que este equilibrou as contas do país mas cuja estupidez o levou a recusar o plano Marshal. Que implicou o país numa guerra colonial de 13 anos (e directamente o meu pai) e levou à migração de mais de 2 milhões de portugueses (e directamente o meu avô).

Pois sim, se votaram foi porque puderam votar e ninguém lhes calou a voz. Fizeram-no em Liberdade. A liberdade que ele proibiu. A mesma liberdade com que digo que é gente de merda.
Se não respeitam as pessoas como poderão algum dia respeitar os animais ou a natureza?


Hoje procuro reencontrar aquilo que significa viver em liberdade. Uma liberdade pura e sincera. Aconselho pois o livro "Mais Além" de João Garcia.
Mais que um grande português, um grande cidadão do mundo.

7 Comentários:

Blogger Eduardo disse...

Esta eleição foi uma vingança por ele nunca ter ido a eleições ;)
Na verdade não vi um minuto que fosse dessa porcaria, se calhar o melhor é também não se lhe dar muita atenção.

10:19 da tarde  
Blogger Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

10:31 da tarde  
Blogger Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Dias desses coloquei no Lâmina, um post com o título... O mar é Azul??? Abaixo há um link com as imagens horripilantes da caça aos golfinhos no Japão e as cenas são de chorar... Pensei em ti...

Quanto ao retrocesso que presenciaste, deve-se mesmo à ignorância do povo e muito, ainda como legado deixado de herença da própria ditadura. Lamentavelmente a memória humana é curta e as pessoas que foram lá votar e aprovaram pelo direito de voto, seja lá o que for, esqueceram-se que somente o fizeram, por não haver mais ditadura no país... Não conseguem nem mesmo juntar 1 + 1 e saber o que resulta disso...

Beijinho grande pra ti!!!
Cris

10:32 da tarde  
Blogger Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Precisei deletar o comentário em excesso...

Desculpas...

Outro beijo!!!
Cris

10:33 da tarde  
Blogger Mário Nunes disse...

Concordo consigo.
Subscrevo na integra tudo aquilo que escreveu.
Mas já nada me admira neste país.
Penso que a televisão anda manipulada, que as sondagens estão encomendadas e as estatísticas falseadas.
Leia Haja Memória, no Espaço Aberto - Uma Nova Miranda...
40 anos de ditadura.
Perseguições.
Tortura.
Exílio.
Em África travamos uma das mais longas guerras do século XX.
Mas, hoje não estamos melhor, as vozes incómodas são silenciadas.
Os sindicalistas perseguidos, vítimas de processos disciplinares e presos.
À semelhança do que se passou com os sindicalistas da PSP e os militares da Armada que estiveram presos.
32 anos depois alguém pretende branquear 40 anos de ditadura, é caso para dizer que o Tide lava mais branco, passe a publicidade ou se clhar estamos todos à beira de um choque tecnológico.
Mário Nunes

11:10 da tarde  
Blogger Avusa disse...

li o outro livro dele.
Que me dizes deste? Vale a pena?

10:55 da manhã  
Blogger Jardineira aprendiz disse...

Amigo, gente com juízo nem sequer se dá ao trabalho de votar nestas coisas. Eu não vi o programa, estou como tu, a tv tira-nos a sanidade mental. Imagino que certos grupos sinistros se tenham organizado para dar um pouco nas vistas, não sei.

Também acho que é melhor nem lhes dar atenção, e dá-la a iniciativas que a merecem e que apesar de tudo vão aparecendo por aí. São as que fazem melhores os nossos dias.

Beijo

1:05 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial