sexta-feira, junho 09, 2006

Porque a beleza depende de quem a olha..

"Muito bem. Admitamos que o pelicano não tem a estética do cisne, todo ele feito de curvas sensuais e majestosas. É atarracado. É queixudo. Tem pés de palhaço e um bico em forma de pá.
O rosto torna-se frequentemente vermelho, e a ave desenvolve uma enorme verruga no nariz quando manifesta desejo sexual.
Paradoxalmente, os mesmos que descreveram o pelicano como animal patusco e desajeitado, não resistiram também a chamar-lhe, por vezes no mesmo parágrafo, majestoso, magnífico, gracioso e verdadeiramente belo. Porquê?"


National Geographic 06/2006

6 Comentários:

Blogger TRILHAS&TERRAS = Homem em Movimento disse...

Porque usa-se como padrão de beleza, aquilo que aparentemente conhecemos, entendemos e aceitamos por indução cultural. No entanto há beleza em tudo e em todas as coisas e há muita beleza também, no que tradicionalmente é entendido como sendo feio... Nada é completamente belo ou completamente feio e a beleza passa a existir quando existem também as diferenças. São elas que servem de padrão e muitas vezes seguimos a despeito do que nos foi/é induzido, o que sentimos e percebemos como sendo o belo, que na verdade nunca vem desacompanhado... Nesse momento sempre se funde o conteúdo e a forma... Por causa disso, os pelicanos são belíssimos também. Tanto quanto outro animal, pois possuem características únicas.

Uma BELA noite para ti e um LINDO final de semana!!!

Belo post!!!
Beijinhos!!!

Cris

5:29 da manhã  
Blogger Janelas da Alma disse...

Amigo Hugo,

Os pelicanos são realmente estranhos e contraditórios, mas como tu tão bem demonstras, têm igualmente a sua beleza, e são formas mágicas da natureza, onde desempenham o seu papel importante!

Obrigado por nos trazeres a estes cantos da fauna!

Um abraço,

Nuno

4:24 da manhã  
Blogger Angela Ursa disse...

Hugo, dentro da espécie dele, o pelicano pode ser considerado belo. Imagino que os pelicanos devem se assustar com a aparência dos humanos ;)) Beijos da Ursa

3:43 da manhã  
Blogger Jardineira aprendiz disse...

Quem sabe pela forma como cuida dos filhotes - afinal os humanos teriam muito a aprender com os animais nesse aspecto! E porque qualquer criatura é bela se seguir a sua própria natureza (também aqui deveriamos aprender com eles!)

10:54 da manhã  
Blogger Mar disse...

Oie guerreiro....(saudades...). Sabe.. quem menospresa um animal é porque.. queria ser ele...rs. O pelicano é uma magestade perfeita.. sabemos disso. A maioria acha o urubú um animal de maus presságios... eu acho ele lindo e perfeito, mesmo sendo carnívoro. Afinal.. ele faz exelente limpeza no sentido de.... se sabe! Saudades de você.. sabia?
O Brasil tá jogando nesse momento mas.. naum to nem aí..rs. Prefiro escrever no teu blog... ixi.. deu gol do Brasil agora..... eita nóis.. lá vem foguere. 14.07 horas.. parece.

6:11 da tarde  
Blogger el magnifico disse...

Madre Teresa de Calcutá não devia muito á beleza e no entanto foi uma das pessoas mais lindas de sempre que esta Humanidade já testemunhou.
Ser belo, bonito, esbelto não alimenta nada e nem ninguém a não ser o ego e o seu centrismo, depende sempre da prespectiva.
Por exemplo, o Elefante não parece ser muito bonito, no entanto transmite sempre uma imagem de paz e de calma e isto sim para mim é o que siginifica ser belo.

12:34 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial