sexta-feira, abril 07, 2006

Património da Eternidade

Classificava-os património da eternidade. Amazónia, Alaska, Antártida, Everest, Doñana, Gerês...e tantos outros lugares antigos, velhos, primários. Cuja existência e história está acima de qualquer humano, acima de qualquer Deus, pois a divindade é a Harmonia, o Silêncio, a Vida, o Retorno, a Beleza.

Promovia-os a eternos. O Homem podia entrar, e podia colher, mas sempre sem tocar.
Podia viajar, perder-se e encontrar-se. Amar e odiar. Podia ser humano, Podia ser selvagem. Podia ser animal. Racional e irracional. Descobrir a liberdade, a vaidade.
A sua natureza. Antiga, velha, primária. Como alguém que vive a perceber porquê. Porque nasceu. Quem sabe lá teríamos respostas.
Ou não precisássemos de perguntar nada.

8 Comentários:

Blogger Jardineira aprendiz disse...

Pois, esses seriam locais ideais, mas a verdade é que nós vimos desses lugares, que eram o mundo todo, e transformámo-los no que são hoje. Talvez a nossa missão seja voltar lá. Já com as respostas, porque um dia precisámos de perguntar.

Parabéns por este blog cheio de força, cheguei cá por indicação da Cristina, Lâmina d'água, e vou voltar.

3:24 da tarde  
Blogger Fátima Silva disse...

Ainda é possível encontrarmos... continuemos a lutar por esses lugares... continuemos a acreditar na sua preservação, para isso não nos poderemos calar, acomodar...
Adorei a paz, o recolhimento que se encontra aqui.

4:44 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Realmente este tipo de sítios convidam a todo o tipo de reflexão e recolhimento espiritual, por lá anda o nosso corpo mas a nossa mente voa a cada passo que é dado nestes sítios naturalmente belos.
É como tu dizes, são um património da eternidade e da vontade de a Natureza parecer querer explicar de como as coisas podem ser belas se as deixarem ser..
"Let it be" como cantavam os Beatles, let it be..
Bonita foto.

2:14 da tarde  
Blogger Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Hugo...

Lindo teu texto!!!
Parabéns pelo teu esforço e cuidados com a natureza!!!

Te deixo beijos!!!
Se puderes, vá ao novo blog que abrimos...

http://trilhaseterras.blogspot.com

Estamos iniciando agora a divulgação e se puderes, deixe lá teu parecer.
Obrigada querido!!!

5:31 da tarde  
Blogger Neith disse...

Um texto magnifico...excelente a mensagem que deixas passar...obrigada pelo momento. Um beijo enorme

7:52 da tarde  
Anonymous MIAKODA disse...

Viva o "Lago"
só é pena esse gordo a estragar a foto....

10:22 da manhã  
Blogger Janelas da Alma disse...

Amigo Hugo,

Pouco mais me atrevo acrescentar, para não encobrir a simplicidade, a profundidade, a verdade, e a beleza das palavras que estreveste!...
Na tradição Pawnee, uma das tribos índias, nativas da América do Norte, Tirawa era o nome do Pai-Espírito dos Céus, que comunicava com eles. A tribo acreditava que as suas mensagens incluíam o vento, a chuva, e as trovoadas. Na sua sabedoria, em relação ao respeito pela Natureza, Letakots-Lesa, um Chefe Águia dos Pawnee, disse:
'No princípio de todas as coisas, a sabedoria e o conhecimento pertenciam aos animais, porque Tirawa não falava directamente com o Homem. Ele enviou certos animais para dizer ao homem que se mostrava através das bestas, e que através deles, e das estrelas, do sol e da lua, o homem devia aprender...Todas as coisas falam de Tirawa.'
Mourning Dove, outra nativa índia, do Bando Salish, disse:
'...tudo na terra tem um propósito, todas as doenças têm uma erva para as curar, e todas as pessoas têm uma missão. Esta é a teoria de existência Índia.'

E nós, qual será a nossa missão?...
A fotografia que aqui colocaste, levou-me de volta aos meses que passei nessas montanhas sagradas e mágicas do Gerês, quando respeitar a natureza e conversar com ela parecia ser a missão de todos nós!...
Obrigado por trazeres assim boas memórias!...
No dia 14, vou a Portugal, e irei voltar ao Gerês, por uns dias, só para me sentar lá outra vez, e escutar a natureza, e o espírito das cobras e das águas!...
Um abraço,

Nuno Osvaldo

12:42 da tarde  
Blogger LUA DE LOBOS disse...

que bela viagem eu fiz com a tua escrita, fisica e espiritual
muito obrigada
xi
maria de são pedro

9:53 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial