quinta-feira, março 09, 2006

As feridas do Pizote..

O Pizote, tambem conhecido como Coati de nariz branco é membro da familia dos Mapaches. Habita as florestas humidas e secas das Américas podendo ser encontrados a altitudes de até 3500 metros acima do nível do mar, e em zonas tão distintas como o Arizona ou o Panamá. Normalmente apresentam uma cor castanho escuro, amarelo ou avermelhado.
O seu corpo pode atingir os 110, 120 cm de comprimento sendo 50 a 60 cm a sua longa cauda. O peso normal de um pizote é de 7, 8 kg. São carnívoros, preferindo pequenos vertebrados, frutas, insectos e ovos. Preferencialmente diurnos, descansam pela noite na segurança das arvores. Os seus hábitos são no entanto ajustáveis, principalmente em zonas onde é caçado por humanos, podendo tornar-se noctivago. Os juvenis são tolerados no grupo até aos 2 anos altura a partir da qual têm de seguir a sua vida de macho solitário. Tornam-se territoriais recorrendo à luta para determinar a dominância. Os machos dominantes regressarão ao grupo durante a epoca de acasalamento quando as fêmeas se encontram receptivas. Possuem garras poderosas, deitando-se de costas no caso de se sentirem ameaçados, esperando, e usando-as para atacar o "inimigo". Há relatos de cães que resolveram atacar um Pizote. Poucos regressam para uma segunda tentativa. São tambem excelente escaladores, dormindo nas árvores e dando à luz tambem na protecção das mesmas. Quando a fruta em determinada árvore é abundante podem alimentar-se lado-a-lado com o macaco de cara branca, mas em certas ocasiões as espécies colidem... A competição entre estas espécies torna-se bem evidente quando os macacos por vezes matam e comem pequenos Pizotes, demasiado jovens para descer dos seus ninhos. No entanto os maiores predadores do Pizote são sem duvida os grandes felinos presentes na Costa Rica, o jaguar e o puma. A técnica que usam por exemplo com os cães de nada serve com estes felinos. Com a diminuição do número de pumas e jaguares, a população de pizotes pode ficar fora de controlo ao ponto da sua sobrepopulação ameaçar outras espécies. Exemplos há de locais onde primariamente desapareceram o Puma e o Jaguar originando consequentemente um aumento da população de Pizotes e a diminuição da população de pequenos lagartos, iguanas, pássaros e tartarugas marinhas.

Podemos sentir tristeza e indignação quando sabemos que pumas ou macacos mataram pizotes, pizotes mataram e comeram pássaros e iguanas ou ovos de tartaruga. E vão matar.
Mas a Natureza não conheçe bom ou mau. Isso fica para outras religiões.. Tudo simplesmente é. Já alguem dizia "Observar a Natureza sim...julgar os intervenientes não. Assim faz mais sentido."
Dos que vi sobressaíam as feridas...mas quem as não tem? E seguimos viagem..

3 Comentários:

Blogger Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Esse último tá com a carinha mais linda do mundo. Temos muitos deles aqui e especialmente na ilha do Campeche e não há como serem caçados por outro animal, por não haver nada maiores do que eles. É uma ilha pequena e não sei como já não tomaram conta da ilha toda. São muito simpáticos e dóceis e possuem olhos que muito me atraem.
Obrigada por mais uma aula!!!
Beijinhos!!!
ò,ó

8:09 da tarde  
Blogger Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Não posso olhar para a carinha deles sem me derreter toda... Dá vontade de abarçar e ficar assim...

3:56 da tarde  
Anonymous macaca bugio disse...

Se os humanos pensassem na luta e no sofrimento dos animais pela sobrevivência... reclamariam menos... talvez! Gostei do pizotinho... é lindo. t.a.

5:20 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial