quinta-feira, julho 20, 2006

Utopia até deixar de a ser!

"Eu quero acreditar que as pessoas a longo prazo vão fazer mais para estabelecer a Paz que os governantes. De facto, eu penso que as pessoas vão querer tanto a Paz que um destes dias é melhor os governos sairem da frente e deixarem-nas tê-la".
General/President Dwight D.Eisenhower (1959).


Eu sei que hoje as guerras são um negócio. Os governantes criam-nas. Sei que o nosso consumismo supérfluo tambem contribui para ela. Mas para os governantes de Israel, do Libano, Colômbia, Sahara Ocidental, Kosovo, Russia, Curdistão, India, Paquistão, Tibete, Argélia, Chipre, Congo, Palestina, Inglaterra, Afeganistão, Iraque, Costa do Marfim, Sri Lanka, Burundi, Sudão, Uganda, Zimbabwe, Tchechenia, Estados Unidos..e todos os outros, eu pergunto...

e quando o tempo dos cowboys terminar? E quando os indios voltarem a ter a palavra? E se eles quiserem fumar o cachimbo da Paz?

1 Comentários:

Blogger el magnifico disse...

Quando a "paz" finalmente chegar, já não haverá ninguem para a desfrutar..
Cada vez me convenço mais disso, ou melhor, convencem-me disso!!
Tem que haver umas "guerrazitas" de vez em quando, o negócio das armas teima em florescer, a droga tambem causa as suas pertubarções e o planeta é cada vez menos verde, e pergunto eu: Onde é que fica a "paz" no meio disto tudo? Nunca se esqueçam, que é muito mais fácil atirar uma pedra do que praticar o bem, está inerente ao ser humano, antes nos primórdios não havia tanto em que pensar, nem tanta vaidade, hoje existe quase só vaidade e pensa-se cada vez mais, temos de ter todos telemóveis, carros e uma boa roupa senão a Sociedade não nos aceita como somos. Há cada vez menos paciência, que foi sempre uma qualidade para passar a ser um defeito, o betão é que interessa, deita-se abaixo uma, duas, três, quatro árvores a baixo e ninguem já pergunta porquê..
Respondem que é o progresso e a gente aceita, até qalquer dia!
Mas pessoalmente continuo a acreditar, porque a Esperança tambem faz parte do ser humano e eu ainda sou humano.

1:35 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial