quinta-feira, dezembro 15, 2005

Um exemplo...


O Lobo vive em alcateias formadas normalmente por 3 a 8 indivíduos, devidamente hierarquizados. Existe um par dominante (par Alfa), o Beta (2º na hierarquia) e o ultimo normalmente denominado Omega. Esta complexa hierarquia continua a ser estudada pelo homem e relatos confirmam inclusivamente a importância do lobo Omega, sempre o ultimo a comer, mas com a mesma importanca relativa dentro do grupo e nunca abandonado, mesmo em situações adversas.

Geralmente acasalam para toda a vida e, usualmente, apenas o par alfa se reproduz. Atingem a maturidade sexual por volta dos 2-3 anos de idade. Apenas se reproduzem uma vez por ano – fim do Inverno ou início da Primavera (Janeiro a Março) – altura em que ocorre o acasalamento. As ninhadas têm geralmente 3 a 8 lobitos.

O olhar mágico do lobo provém da obliquidade e da cor dos seus olhos. Possui uma boa visão e um excelente olfacto e visão. Os lobos têm uma grande taxa de mortalidade. Poucos chegam à idade adulta, por falta de alimentos, por doença e devido à perseguição humana.

Na actualidade, o homem vai-lhe impossibilitando de caçar as suas presas naturais. Em algumas zonas, chegam mesmo a alimentar-se nas lixeiras. Caçam em grupo para apanharem presas de grande porte. Para as mais pequenas, caçam isolados...

Muitas vezes associamos o nosso bom companheiro Cão ao Lobo. Estamos correctos, no entanto e apesar de serem de facto uma evolução da mesma espécie, o Lobo mantem duas caracteristicas que os Cães perderam...e o homem para lá caminha...são elas a fidelidade e a liberdade.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial